20 março, 2014

Exemplo de Daniel e seus amigos.

Olá queridos!
Lendo o primeiro capítulo de Daniel, refleti muito a cerca do que é ter realmente uma aliança com Deus, honrar o que se promete a Ele, independente do que se passa, das tribulações e até mesmo tentações.
A Bíblia conta que o rei Nabucodonosor pediu que seu servo, o chefe dos eunucos, lhe trouxesse alguns jovens da linhagem real e de príncipes de Israel.. E o rei especificou:
Jovens em quem não houvesse defeito algum, de boa aparência, e instruídos em toda a sabedoria, e doutos em ciência, e entendidos no conhecimento, e que tivessem habilidade para assistirem no palácio do rei, e que lhes ensinassem as letras e a língua dos caldeus. Daniel 1:4
Depois disso, o rei determinou que os jovens deveriam comer da porção diária do que ele comia, além de beberem do seu vinho. Seria assim por três anos e ao término deste tempo seriam apresentados ao rei.
Entre os jovens estavam: Daniel, Hananias, Misael e Azarias.
E o chefe dos eunucos lhes pôs outros nomes, a saber: a Daniel pôs o de Beltessazar, e a Hananias o de Sadraque, e a Misael o de Mesaque, e a Azarias o de Abednego.
Daniel 1:7
Ou seja, estes jovens eram tementes a Deus e foram levados para um lugar onde certamente entrariam em contato com uma cultura diferente e principalmente com uma religião que não agradaria ao Senhor. Mesmo assim foram, mostrando que a confiança que ambos tinham estava firmada em Deus.
Até aí podemos identificar facilmente algo que acontece diariamente com todos que aceitam se entregar a Deus e abdicar daquilo que não O agrada. Muitos são os lugares que colocam aqueles que desejam ir na contramão do mundo em prova, muitas são as situações que ocorrem nos fazendo tomar uma atitude..
E Daniel propôs no seu coração não se contaminar com a porção das iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; portanto pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não se contaminar.
Daniel 1:8
Vejamos que Daniel tomou uma decisão séria em relação a si mesmo. Ele decidiu que não iria se contaminar! Mesmo que essa contaminação aparecesse pra ele de forma "desejável". As iguarias eram comidas que chamavam atenção, afinal eram o que o rei comia. Aparentemente, era o melhor a se provar.
Daniel sabia que aquela comida não seria o melhor para ele e muito menos para a sua fé. Então com aquela decisão, Daniel chamou a atenção do seu Deus.
Ora, Deus fez com que Daniel achasse graça e misericórdia diante do chefe dos eunucos.
E disse o chefe dos eunucos a Daniel: Tenho medo do meu senhor, o rei, que determinou a vossa comida e a vossa bebida; pois por que veria ele os vossos rostos mais tristes do que os dos outros jovens da vossa idade? Assim porias em perigo a minha cabeça para com o rei.
Então disse Daniel ao despenseiro a quem o chefe dos eunucos havia constituído sobre Daniel, Hananias, Misael e Azarias:
Experimenta, peço-te, os teus servos dez dias, e que se nos dêem legumes a comer, e água a beber.
Então se examine diante de ti a nossa aparência, e a aparência dos jovens que comem a porção das iguarias do rei; e, conforme vires, procederás para com os teus servos.
E ele consentiu isto, e os experimentou dez dias.
Daniel 1:9-14
Podemos perceber que Daniel não teve medo. Muitas coisas poderiam lhe acontecer se ele se dispusesse a se negar a comer a comida do rei. Daniel não sabia se iriam permitir que ele comesse outra coisa, se ele ficaria fraco..se..se..Não! Daniel apenas creu que aquela atitude de permanecer fiel a Deus seria o melhor a se fazer e sendo assim, Deus o honraria.
E, ao fim dos dez dias, apareceram os seus semblantes melhores, e eles estavam mais gordos de carne do que todos os jovens que comiam das iguarias do rei.
Assim o despenseiro tirou-lhes a porção das iguarias, e o vinho de que deviam beber, e lhes dava legumes.
Quanto a estes quatro jovens, Deus lhes deu o conhecimento e a inteligência em todas as letras, e sabedoria; mas a Daniel deu entendimento em toda a visão e sonhos.
E ao fim dos dias, em que o rei tinha falado que os trouxessem, o chefe dos eunucos os trouxe diante de Nabucodonosor.
E o rei falou com eles; entre todos eles não foram achados outros tais como Daniel, Hananias, Misael e Azarias; portanto ficaram assistindo diante do rei.
E em toda a matéria de sabedoria e de discernimento, sobre o que o rei lhes perguntou, os achou dez vezes mais doutos do que todos os magos astrólogos que havia em todo o seu reino.
E Daniel permaneceu até ao primeiro ano do rei Ciro.
Daniel 1:15-21
Daniel e seus amigos usaram sua fé sobrenatural! Mesmo comendo algo que não era aos olhos humanos o melhor, se tornaram os mais fortes e sábios entre todos os outros jovens.
Quando prestamos atenção ao que está escrito e como a história se desenrola, podemos ver claramente A mão poderosa de Deus entrando em ação e percebemos que vale a pena guardar a nossa fé, sermos fieis a Deus independente do que nos aconteça e da situação que podemos passar.. Quantos de nós, mesmo tendo uma fé ativa e confiança em Deus, se perdem quando sofrem alguma injustiça? Ou quando passam por um deserto ou uma situação difícil duvidam da fidelidade e provisão de Deus e acabam se contaminando e murmurando?
Daniel confiava em Deus, mas ele fez mais que confiar, ele decidiu não se contaminar. Mesmo tendo que passar por uma situação difícil e duvidosa ele não quis aceitar a proposta do mal, ainda que a proposta parecesse saborosa.
Se você tem sido tentado, perseguido, injustiçado.. ou se tem passado por um momento de silêncio de Deus, onde por mais que você ore, parece que Deus não lhe responde.. Decida ser como Daniel!
Não se contamine!
Se alguém até mesmo dentro da igreja fala mal de você e lhe persegue, cria situações para te fazer tropeçar e aparentemente consegue ser mais ouvido do que você.. Não se contamine! Não aceite a mágoa, a raiva entrar em seu coração. Não se justifique, não tente se defender. Simplesmente não permita que esta ísca de satanás acabe te atingindo. Confie que Deus te defenderá.
Se tem passado por problemas, seja na família, ministério, casamento, financeiros.. que seja. Não permita que a revolta seja direcionada contra Deus. Seja sábio! Você deve realmente se revoltar, mas contra a situação e não contra Deus. Ele não tem culpa de nada e é O único que pode mudar esse quadro. Mas se você não mostrar-Lhe confiança e fidelidade, Ele nada fará.
Só você sabe o que tem passado, qual prova tem enfrentado e só você tem o poder da decisão em mãos. Você pode decidir se manter puro, firme e fiel ou se contaminar e aceitar a "boa" proposta do diabo.
Mas lembre-se, junto com cada escolha virá a sua consequência. A consequência de Daniel você já sabe.. Qual é a que você escolhe?

Deus abençoe a todos.

4 comentários:

  1. Lindo o seu cantinho. Parabéns pela reflexão sobre Daniel, um grande homem de fé.
    e fiel para com Deus. Desejo a vc uma tarde linda. bjsss

    ResponderExcluir
  2. Olá, Juliana!
    Gostei muito do seu blog, parabéns, tudo lindo aqui!
    Seguindo você e estarei sempre por aqui
    Beijos
    http://evalais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, gostei do que vi,espero voltar mais vezes,
    Se me der a honra de visitar e ler algumas coisas no Princesa De Deus ficarei radiante, e se desejar deixe um comentário.
    Beijos Laís.
    http://princesadedeusoficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. ola gostei muito do seu blog que Deus te abençoe <3

    ResponderExcluir
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...